trilogia

BIO

Joaquim Nabuco nasceu no Rio de Janeiro e começou sua carreira de fotógrafo no jornal O Globo, onde trabalhou por dois anos.

Passou também pela Editora Abril e Estado de SP, antes de trocar o jornalismo pela publicidade.

Nos anos 90, mudou-se para São Paulo, onde trabalhou no departamento de criação de grandes agências, como DM9, Mc Cann Erickson e Denison Brasil.

Paralelamente ao trabalho de criação publicitária, começou a colaborar com a revista Trip, onde produziu algumas capas.

Os trabalhos para Trip despertaram novamente o amor pela fotografia, e apesar de ter ganho alguns prêmios de criação publicitária, resolveu abraçar novamente a fotografia, dessa vez definitivamente, e abriu seu primeiro estúdio em São Paulo, em 1998.

Em 2001, retornou aos braços de mais um amor, a cidade do Rio de Janeiro, transferindo seu estúdio para cidade maravilhosa, cenário constante das suas fotos.

De seu estúdio no bairro de Botafogo, saem muitas fotos que ilustram campanhas das principais agências de publicidade, capas de CDs de grandes músicos e catálogos de moda para marcas nacionais e internacionais.

Em 2004, criou o site Colírio Brasil em parceria com UOL, que  foi um grande sucesso na internet por 6 anos.

Depois de abraçar a fotografia e o Rio de Janeiro, o fotógrafo encontrou em 2005, seu terceiro amor, a modelo Deyse Krieger, que se tornou sua parceira na arte e no amor.

Um dos hobbies  do casal é fotografar com animais selvagens, desde tigres até insetos.

Em 2009, o fotógrafo iniciou uma parceria com a editora americana Schiffer Books, que já rendeu três livros; Braziliangels (2010), The Art of Brazilian Architecture (2102) e Paradise in Brazil (2013).

Os livros têm distribuição internacional, levando as belezas do Brasil para os quatro cantos do mundo.

O fotógrafo é bisneto do abolicionista de  mesmo nome, que por coincidência nasceu no Dia Mundial da Fotografia.